236 online
Juan Ramón Jiménez
Nasceu a 23 Dezembro 1881
(Moguer, Espanha)

Morreu em 29 Maio 1958
(Santurce, Porto Rico)

Juan Ramón Jiménez Mantecón foi um poeta espanhol. Por sua oposição ao regime franquista foi obrigado a exilar-se nos EUA, no ano de 1936. Recebeu o Nobel de Literatura de 1956.
wer54w66sf32re2
 
Título Visto Gosto Favorito Coments Livro Dat
/pt/t/1616/inflama-me-poenteInflama-me, poente: faz-me perfume e chama56382250123Poema
/pt/t/1622/todas-as-rosas-sao-a-mesma-rosaTodas as rosas são a mesma rosa53282120248Poema
/pt/t/1618/encontro-de-duas-maosEncontro de duas mãos5463206092Poema
/pt/t/1623/a-rosaA rosa:5319162011Poema
/pt/t/1625/quando-eu-estiver-com-as-raizesQuando eu estiver com as raízes51661503205Poema
/pt/t/1624/a-solidao-era-eternaA solidão era eterna5161143112Poema
/pt/t/1617/eu-nao-voltareiEu não voltarei52651360103Poema
/pt/t/1619/esta-tao-puro-ja-meu-coracaoEstá tão puro já meu coração4879115099Poema
/pt/t/1620/a-terra-leva-nos-por-terraA terra leva-nos por terra4557103113Poema
/pt/t/1621/que-acontece-a-uma-musicaQue acontece a uma música4425810211Poema
/pt/t/4300/a-viagem-definitivaA VIAGEM DEFINITIVA23898000Poema
/pt/t/3112/la-nocheLa noche18718100Poema
/pt/t/4303/universoUNIVERSO16582000Poema
/pt/t/3113/alamo-blancoÁlamo blanco14622000Poema
/pt/t/4302/jogoJOGO14532100Poema
/pt/t/13578/nao-roubesNÃO ROUBES11672000Poema
/pt/t/4304/virtudeVIRTUDE15811000Poema
/pt/t/4301/de-voltaDE VOLTA15291000Poema
/pt/t/4299/pavilhaoPAVILHÃO12260000Poema
/pt/t/37647/tu-nao-estas-em-tiTu não estás em ti,1630000Citação
/pt/t/37646/o-poema-deve-ser-comoO poema deve ser como1540000Citação
/pt/t/37644/para-mim-o-importante-emPara mim, o importante em1460000Citação
/pt/t/37645/quem-aprende-uma-nova-linguaQuem aprende uma nova língua1390000Citação
/pt/t/37648/so-e-arte-o-espontaneoSó é arte o espontâneo1320000Citação