227 online
Um qualquer Ver Perfil


apenas um qualquer que quer colocar em um site os lixos que fala pelos dedos.
 
Lamentos de um hipócrita
Se ele soubesse a falta que ia fazer, não teria morrido
Se ele soubesse a falta que ia fazer, teria com certeza, vivido
Trouxa foi eu, que neguei aqueles sinceros abraços
Hoje, me perco tentando repor nossos laços
A tristeza me consome e a solidão me assusta
Todas as vezes que lembro do filho que era, meu coração se frustra
Tenho certeza que se ele estivesse aqui, tudo seria diferente
Eu ia seguir meu sonho sempre olhando pra frente
Mas, hoje eu sei que não sou capaz
Corro sem sair do lugar, porque sei que meu lugar é atrás
O narcisista que aqui vivia já morreu
Além do mais, esse mundo continuará o mesmo sem eu
Um pseudo-suicida que só falta gritar "agora vai!"
Maldita seja a falta que você me faz, pai.

Seguinte
Clique se gosta
Guardar nos seus Favoritos
Comentar
Rating
1
Visto
23