440 online
NilkOliveira Ver Perfil


 
Quê de colibri
Quando eu era colibri
Querias este para ti
Quão gostosa és, provei
Que tantas vezes repeti
Quase louco não mais voei

Quanto mais hoje fito o céu
Quero estar preso ao mel
Que é visgo deste amor
Qual é agora o meu papel?
Qu'era voar de pólen em flor

Quem me dera merecer
Queda livre sem sofrer
Quê de jato, a jato iria
Quando beijava a floramor
Quarava ao voo minha alegria


                         Nilk Oliveira

Seguinte
Clique se gosta
Guardar nos seus Favoritos
Comentar
Rating
1
Visto
41