330 online
João Ver Perfil


 
Cidade.
Só quero respirar.
Quero partir e não voltar.
No meu ou no teu ar,
o ar é o que eu quero.

No nublado acinzentado,
quando o sol acorda,
ainda vejo a lua
que à volta da terra roda.

Solta um adeus timido
e rápido se esconde,
rápido adormece
e no sol se encobre.

O fraco sol que no dia,
pouco aquece
dá lugar uma lua viva
que aclara as almas frias
no meio da noite e da pressa.

E enquanto todos dormem,
romanticos o sol e a lua,
vão amar os seus corpos,
deixando a cidade nua.

Seguinte
Clique se gosta
Guardar nos seus Favoritos
Comentar
Rating
1
Visto
4